A outra face do covid

2020 será para sempre recordado como “O Ano da Pandemia”, mas será que este ano se resume a apenas isso? Terá 2020 sido apenas um ano mau? Não, a verdade é que, apesar dos desafios que a pandemia nos coloca e colocou, também conseguimos algumas conquistas. Estás preparado para descobrir quais foram?

Logo no decorrer da pandemia verificaram-se duas conquistas: os recursos naturais para 2020 esgotaram-se mais tarde do que em 2019 e verificou-se uma diminuição da poluição.

Estas duas conquistas não se devem a nós, mas servem de alerta para a importância de tomarmos conta da nossa casa comum e começarmos a alterar os nossos habitos de consumo e adotarmos comportamentos mais sustentáveis. Estes dois acontecimentos culminam numa diminuição de 9,3% da nossa pegada ecológica devido à redução da procura de madeira e das emissões de dióxido de carbono.

Ademais, a redução das emissões de gases como o dióxido de nitrogênio ou de carbono, permitiram-nos evitar 11mil mortes. Estas substâncias são tóxicas e, por conseguinte, fragilizam o nosso sistema cardiorrespiratório, levando a que 7milhões de pessoas morram todos os anos. Os cidadãos chineses são aqueles que mais sofrem as consequências da poluição e, por isso, foram uns dos maiores beneficiários desta redução. A diminuição da poluição, acompanhada pelas medidas de isolamento, permitiram salvar entre 50 e 77 mil chineses.

Mas não foi só o ambiente que beneficiou com a pandemia. Nós, ao sermos confrontados com o isolamento e com as nossas vidas viradas ao contrário, trouxemos o nosso lado mais solidário ao de cima. Começamos a sair às nossas varandas para aplaudir aqueles que lutavam, e lutam, na linha da frente contra a pandemia. Saímos, mais uma vez, às varandas para mesmo longe estar junto e cantarmos. Ajudamos os mais vulneráveis ao oferecermo-nos para lhes levar bens essenciais como comida ou medicação. Novos modelos de negócio surgiram, pessoas começaram a criar e oferecer máscaras sociais, empresas começaram a produzir álcool em gel. 

Ao mesmo tempo, não podemos ignorar todas as conquistas que minorias ou pessoas mais vulneráveis conseguiram alcançar. As marchas em prol de “Black Lives Matter” demonstraram a revolta de todas as pessoas ao redor do mundo face ao abuso de poder da polícia perante as pessoas negras. Pessoas cuja única diferença é a cor da pele. Um pequeno passo foi dado no sentido de desconstruir vários pensamentos e estereótipos que foram sendo passados de geração em geração e que colocaram outras raças num patamar inferior face aos ditos “brancos”.

Outra minoria que viu mais um passo a ser dado em direção à aceitação foi a comunidade LGBTQ+ com o Supremo Tribunal dos EUA a considerar a discriminação no emprego contra homossexuais e transexuais um crime, assim como, que as pessoas transexuais se encontram protegidas contra a discriminação sexual.

Outra vitória para esta comunidade ocorreu na Costa Rica, quando esta decidiu tornar-se o primeiro país da América Central a legalizar o casamento entre homossexuais. Esta decisão foi marcada pela transmissão em direto da primeira união civil entre pessoas homossexuais.

Por fim, outra vitória que já marcou este ano foi a erradicação do vírus da poliomielite do continente africado. A luta para a imunização face a este vírus começou em 1996 e, desde então, foi possível impedir que 180mil crianças morressem e que cerca de 1,8milhões sofressem de paralisia para toda a vida.

Estas foram algumas das nossas conquistas em 2020, mas o ano ainda não acabou. Ainda temos muitas mais conquistas para alcançar e muitos mais passos para dar em prol da aceitação, da justiça, da tolerância e da igualdade. E tu? Como vais contribuir? Descobre algumas experiências de voluntariado para conquistarmos um mundo melhor em: aiesec/global-volunteer.

 photo EP-Tracker-3_zpsvpxlso50.png

A HISTÓRIA DA ANA – AS NOSSAS HISTÓRIAS

A HISTÓRIA DA ANA – PARTE 2

Imaginar como seria viver uma história assim, que parece saída de um filme. Ver as cidades maravilhosas sobre as quais todos cantam e dançam. O Cristo Redentor quase parecia não caber no meu ângulo de visão de uma só vez. Encantos são mil e histórias também.

 photo PATRICIA-TRACKER-2_zps8ifuddbu.png

A HISTÓRIA DA PATRICIA – AS NOSSAS HISTÓRIAS

A HISTÓRIA DA PATRICIA – PARTE 2

Quando contas uma história que se passou num país em que a natureza é linda e paradisíaca a forma como o fazes é diferente e especial. Parece que te iluminas e tudo o que dizes tem outro encanto. Como as histórias que conto dos meus passeios na praia de Inhambane quando estive em Moçambique.

 photo FILPA_zpsw95xrtqz.png

A HISTÓRIA DA FILIPA – AS NOSSAS HISTÓRIAS

A HISTÓRIA DA FILIPA – PARTE 2

A sua história pela Indonésia é rica também porque teve a oportunidade de viver com uma família local enquanto realizava o seu estágio. Essa família tornou-se uma segunda família num país distante do seu. Levava-a a passear por locais incríveis. Sítios que pensava só existirem nas histórias de livros ou documentários.

Que História queres Contar?

Que Histórias queres Contar?

As grandes histórias estão naqueles que tomam decisões. Estão nos corajosos que têm a audácia de assumir responsabilidades e correr riscos.

Estão naqueles que se superam a cada dia, naqueles que partilham, amam e protegem. Estão naqueles que não têm medo de cruzar continentes em busca do seu trilho.

Para nós, uma aventura. Para os outros, pode ser o início de algo maior. O início da construção do seu tempo. Um tempo onde a tolerância, educação e a compreensão são valores que se elevam mais alto.

E no fim? No fim ficam os sorrisos… Os sorrisos daqueles que vão mais além, os sorrisos daqueles que em todos os desafios vêm uma oportunidade e os sorrisos daqueles que sentem a mudança.

E tu que história queres contar?

 photo ana-3_zpsngrgxw6y.png

A HISTÓRIA DA ANA – AS NOSSAS HISTÓRIAS

A HISTÓRIA DA ANA – PARTE 1

Brasil o país de mil encantos, encantou a história da Ana. Partiu para conhecer histórias e o dia-a-dia das comunidades, conhecidas como favelas e rapidamente se viu a dinamizá-las. E a mudar a rotina dessas comunidades locais e a sua que nunca mais seria a mesma depois desta história. Podes ser tu a criar impacto eterno.

Que história queres contar?

 photo patrcia-tracker-3_zpsoxqpbkli.png

A HISTÓRIA DA PATRICIA – AS NOSSAS HISTÓRIAS

A HISTÓRIA DA PATRICIA – PARTE 1

É com entusiasmo que a Patricia conta a sua história em Moçambique. Um país com um cultura muito diferente da nossa que fez com que toda a sua experiência fosse uma aventura para nunca mais esquecer. Teve a oportunindade de aulas a criança com essa cultura diferente proporcionando lhe momentos exclusivos.

Queres ter histórias destas para contar?

 photo Filipa-tracker-3_zpsyzpcu8ho.png

A HISTÓRIA DA FILIPA – AS NOSSAS HISTÓRIAS

A HISTÓRIA DA FILIPA – PARTE 1

A Filipa conta a sua história de quando esteve na Indonésia a ensinar Inglês. Quando a conta explica sempre que a sua aventura começou porque queria ter impacto para um futuro melhor e brilhante de muitas crianças.
Tu também podes vir a contar um história como a da Filipa e viver aventuras únicas.

Que histórias queres contar?

 photo EP--TM-TrackerINICIA_zpsgpvlyfkx.png

AS NOSSAS HISTÓRIAS

AS NOSSAS HISTÓRIAS!

AIESEC ao longo dos anos tem construindo muitas histórias. Nas próximas semanas vamos contar-te a história da Filipa, da Patrícia e da Ana. Descobre como é que foi a aventura delas com a AIESEC inspira-te para viveres a tua.

Participa no Global Citizen e conta a tua história!