Ser Global Host

Olá! O meu nome é Tomás Santos, tenho 19 anos, estudo Management no ISEG e sou um dos responsáveis por garantir o alojamento dos jovens que chegam a Portugal para realizarem uma experiência internacional – Global Host.

Mas, o que é Global Host? É o programa da AIESEC que garante aos portugueses uma experiência multicultural sem sair de casa ao acolher um voluntário internacional por um período de 6 semanas.

Todos os anos, temos jovens que vêm para Portugal impactar a vida de crianças e idosos então porque não lhes dar também uma boa experiência!

Os benefícios de Global Host são claros. Além da possibilidade de uma prática diária de uma segunda língua, estamos também a ter uma constante troca cultural, a viver a diversidade e a criar conexões internacionais! É como se tivéssemos a viajar sem sair de casa!

Além disso, o processo para ser Global Host é muito simples! Primeiro é feita a inscrição online através de bit.ly/InscricaoGlobalHost e depois, em menos de 24h, a pessoa é contactada por um membro da AIESEC para marcar uma sessão de esclarecimento. Após a sessão é assinado um acordo de hospedagem, caso esteja interessada no processo. Depois disso, são enviados os perfis dos voluntários para a pessoa escolher a que quer acolher em sua casa. A partir desse momento, criamos uma ponte entre o voluntário e a família de acolhimento como, por exemplo, uma sessão para se conhecerem melhor e estabelecer as regras da casa para garantir que toda a experiência corra bem. Depois é só esperar que o voluntário venha para Portugal!

As pessoas que já acolheram um voluntário connosco sabem como uma experiência destas pode impactar a vida não só do voluntário como da família de acolhimento. Partilhar casa com um voluntário internacional pode ser desafiante mas vale extremamente a pena! Se ambos tiverem abertos para isso, conseguem estabelecer fortes laços de amizade que vão perdurar mesmo depois da experiência acabar, como já aconteceu várias vezes! Então, o que estão à espera para ser Global Host?

Comentários

comentários